sábado, 10 de fevereiro de 2018

Dicas para um carnaval seguro com as crianças

Andréa Graiz / Agencia RBSCarnaval também é sinônimo de diversão para as crianças, que aproveitam os dias de folia para brincar e dançar em bailes e blocos de rua. Os pais, no entanto, devem estar atentos e ter alguns cuidados para garantir que não haja transtornos, como a perda da criança e problemas de saúde. A primeira orientação é a identificação dos pequenos que vão sair para as festas. 
— Os pais podem identificar de qualquer forma, com pulseira ou colocar um adesivo colado, ou até escrever no braço da criança. Mesmo as crianças mais velhas podem ficar assustadas e não saber dizer o nome ou o telefone dos pais — diz a supervisora do Setor de Proteção e Apuração da Vara da Infância e Juventude do Distrito Federal, Ana Luiza Muller.

Alimentação e saúde

Entre as dicas da organização não governamental (ONG) Criança Segura para garantir a tranquilidade do carnaval infantil está o cuidado com a alimentação, oferecendo comidas leves, e com a hidratação dos pequenos. "Mas, lembre-se: na hora de comer é melhor que a criança esteja parada e calma, para que ela mastigue bem e devagar os alimentos, evitando, assim, engasgamento", alerta a entidade.
 As roupas para pular o carnaval devem ser leves, sem cordões ou botões pequenos, para evitar acidentes, e os sapatos devem ser confortáveis. Outra dica da ONG é tomar cuidado com adereços, como confete, serpentina, espuma, tatuagens temporárias, tinta e glitter, para evitar casos de intoxicação e sufocamento. Os pais devem observar se os produtos são atóxicos e orientar a criança a não colocar confete na boca, enrolar a serpentina no pescoço ou brincar de jogar espuma nos olhos e na boca de outras pessoas.

Dicas para garantir um carnaval seguro

 — Identifique as crianças com a carteirinha ou pulseiras que serão distribuídas pela Polícia Militar
— Não deixe, em nenhum momento, as crianças sozinhas
— Cuide da hidratação e alimentação
— Use fantasias leves e calçados confortáveis
— Evite permanecer com suas crianças em grandes aglomerados e tumultos
— Evite subir com crianças em trios elétricos
— Oriente seu filho a evitar contato, carona, alimento ou presentes de pessoas estranhas
— Oriente as crianças a procurar o policial mais próximo caso ela se perca ou precise de ajuda
— Evite levar objetos de valor como brincos, colares, relógios, óculos e carteira com muito dinheiro
— Evite usar o telefone celular no meio da multidão
 Fonte: Polícia Militar do Distrito Federal/Edição Parnaíba no Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esses comentários não refletem a opinião do Blogueiro.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mercado Pago

Mercado Pago