terça-feira, 4 de abril de 2017

Por imagem de câmera de segurança, Polícia Civil indicia Victor

  Vitor no programa Sai do Chão da Rede Globo
O caso do cantor Victor, da dupla com o irmão Leo, parecia perto do fim, mas agora está longe de terminar. O sertanejo acaba de ser indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais por agredir a mulher, Poliana Bagatini, grávida do segundo filho do casal. Poliana, que no final de fevereiro procurou a polícia para denunciar o marido, em seguida recuou e disse não ter sido vítima do cantor, afastado do The Voice Kids, reality show infantil da Globo em que atuava como jurado ao lado de Leo. Além disso, o resultado do exame de corpo de delito deu negativo para agressão. Imagens de câmera de segurança do prédio onde moram Victor e a mulher, no entanto, forneceram evidências à Polícia Civil de Minas, que decidiu pelo indiciamento do sertanejo.
“A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que relatou à Justiça o inquérito instaurado a partir da denúncia de agressão registrada por Poliana Chaves. Assim, diante das provas coletadas, a PCMG concluiu pelo indiciamento de Victor Chaves pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688/41, vias de fato, conforme demonstrado no laudo pericial das imagens das câmeras de segurança do prédio e pelo depoimento da vítima”, diz nota enviada à imprensa pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Entenda o caso

No dia 24 de fevereiro, Poliana Bagatini , que está grávida,  registrou um boletim de ocorrência contra o marido, Victor Chaves. A assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais informou que Poliana afirmou ter sido derrubada no chão e chutada diversas vezes. Victor negou as acusações e falou sobre o caso no programa Fantástico. Depois, Poliana retirou as acusações e o exame de corpo de delito não indicou agressão.

Fonte: MSN/Edição de Wagner Roberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esses comentários não refletem a opinião do Blogueiro.

Total de visualizações de página