quarta-feira, 22 de março de 2017

Mãe de Eliza Samudio entra com novo recurso contra soltura de Bruno

A mãe da ex-modelo Eliza Samudio entrou com um recurso pedindo, novamente, a cassação do habeas corpus que concedeu liberdade ao goleiro Bruno Fernandes, no último dia 24 de fevereiro. No dia 3 deste mês, a advogada de Sônia de Fátima Marcelo da Silva de Moura já tinha recorrido, mas o pedido foi rejeitado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal).
Entre os argumentos apresentados no documento que foi entregado ao Supremo recorrendo a soltura, estão declarações recentes de Fernandes afirmando já ter pago a pena e que a prisão perpétua não traria Eliza de volta. A petição deu entrada no sistema do STF na madrugada deste domingo (19).
Liberação de Bruno
O ex-jogador do Flamengo deixou a Apac (Associação de Amparo e Proteção ao Condenado) de Santa Luzia, no dia 24 de fevereiro, após um habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF. Em 2013, o goleiro foi condenado a 22 anos e três meses de prisão pela morte e ocultação do cadáver de Eliza Samudio, em 2010, com quem teve o filho Bruninho. Ele também foi condenado por sequestrar e manter Bruninho, então recém-nascido, em cárcere privado.
Como a condenação foi de primeira instância na Justiça, Fernandes entrou com um pedido de análise da decisão. Desde então, ele estava preso preventivamente aguardando o julgamento dos recursos apresentados. Porém, o ministro entendeu que o tempo dessa prisão estava excessivo e permitiu que o goleiro responda em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esses comentários não refletem a opinião do Blogueiro.

Total de visualizações de página