sexta-feira, 24 de março de 2017

Em entrevista a TV Costa Norte, Carlson Pessoa anuncia redução drástica do IPTU, melhorias para Parnaíba e eleições estaduais 2018


Em entrevista a TV Costa Norte no final da manhã desta quinta-feira (23), o vereador Carlson Pessoa (PPS), líder do governo municipal na Câmara dos Vereadores, discutiu sobre vários assuntos referentes a cidade de Parnaíba. Logo no início da sabatina, ao ser indagado pela apresentadora Carol Porto sobre a difícil situação financeira do Parnahyba Sport Club e a contrapartida do município em apoio a agremiação, Carlson disse que sempre foi favorável ao incentivo da prefeitura ao esporte. Ele lembrou que em fevereiro deste ano, a pedido do presidente do Parnahyba, Batista Filho, reuniu-se com o prefeito Mão Santa para ver a possibilidade de ser feito o pagamento das parcelas referentes a premiação da Nota Fiscal Parnaibana não pagas pelo ex-prefeito Florentino Neto (PT).

“Sensibilizado com o time que já pensava em abandonar o Campeonato Piauiense, o prefeito Mão Santa liberou o pagamento da parcela de agosto do ano passado. Já na segunda parcela, devido a entraves burocráticos, o valor ainda não caiu na conta do clube, mas comprometido e por uma questão de amor, Mão Santa se comprometeu a pagar, mesmo nada o obrigando a fazer isso, pois o gestor passado não deixou dinheiro em caixa para o clube. Muito pelo contrário, Florentino deixou uma dívida de 150 mil com a agremiação”, esclareceu.

Diante do questionamento do apresentador Daniel Saturnino sobre o andamento das articulações das oposições em Parnaíba ao governo do Estado, Carlson disse que não lembra de um governo de Estado ganhar a eleição tendo os prefeitos de Parnaíba e Teresina na oposição, como acontece atualmente com Mão Santa e Firmino Filho no poder. Ele levantou a possibilidade de o próprio Firmino entrar como candidato a governador e citou também outros prováveis nomes como do presidente do Conselho Nacional do Sesi, João Henrique, que também não comunga com as recentes alianças do PMDB. Ele citou a repercursão positiva da reunião das oposições ocorrida na última sexta-feira (17), em um evento na cidade de Parnaíba com a presença de Mão Santa, João Henrique, Zé Filho, Juliana Moraes Souza, dentre outras lideranças políticas.

“Há sim uma articulação das oposições e o atual governo estadual está fragilizado porque faz um governo ineficiente, fraco, que não atende as demandas da população e nem tampouco promove seu desenvolvimento. Wellington Dias se ocupa apenas em acomodar seus apadrinhados políticos em cargos públicos. Inclusive, no momento o governador comete uma das maiores aberrações de um gestor ao mexer na nossa Constituição, criando mais nove secretarias para acomodar seus apaninguados, para ter o já apelidado ‘Titanic’ e o fim do Titanic todos nós já sabemos”, comparou.

Sobre sua avaliação dos primeiros 90 dias de governo Mão Santa, Carlson foi categórico ao ressaltar que a avaliação é da própria população parnaibana que inclusive, tem aprovado a nova administração. Ele ressaltou o fato de a gestão ter recebido a cidade sucateada e destruída financeiramente, mas graças o empenho e dedicação de toda sua equipe e principalmente por meio da secretária de Infraestrutura, Maria das Graças Nunes, que tem gerenciado a pasta com muita competência e feito a diferença a despeito dos recursos escassos.

A cerca das providências tomadas para conter possíveis novos estragos ocasionados pelas chuvas, Carlson disse que uma solução para o problema do Piscinão do bairro Piauí é uma das prioridades. No entanto, ele explicou que essa é uma obra complexa que não pode ser resolvida a curto prazo. O parlamentar garantiu que as equipes continuarão em campo e que nenhuma família correrá risco de morte.

“Fazia muito tempo que não chovia torrencialmente em Parnaíba, mas a secretária de Infraestrutura com sua equipe e o prefeito Mão Santa imediatamente foram para as ruas verificar in loco os trabalhos e também providenciando o imediato socorro as vítimas de alagamentos. Temos tudo para fazermos um grande governo, um governo voltado para o bem-estar da população. Acredito que continuaremos assim, pois Mão Santa com toda sua experiência longa na vida pública, como prefeito, senador, deputado e governador, certamente trilhará esses quatro anos com sucesso. Essa é a nossa meta”, garantiu.

Em relação aos projetos deste ano da Câmara Municipal de Parnaíba, Carlson destacou a busca pela transparência ao citar o Projeto de Lei da vereadora Fátima Carmino que determina que as matérias sejam publicadas no site da Câmara com antecedência de 24 horas antes de ir para votação. Ele reforçou também o compromisso do presidente Geraldinho pela transparência e, em relação as suas demandas, Carlson citou o fato de ele ter implantado na Casa de Leis a realização de audiências públicas, bem como a cobrança do funcionamento dos plantões das farmácias em forma de rodízio. Carlson falou ainda sobre a aprovação do Projeto de Lei do Executivo que permite a abertura do comércio aos finais de semana e feriados, lembrando que tudo será feito de forma legal, com fiscalização e com o devido pagamento das horas extras e descanso para os funcionários. O parlamentar finalizou informando a conclusão do Projeto de Lei onde Mão Santa autoriza a redução drástica sobre a cobrança do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU).

“A cobrança abusiva que foi praticada até o ano passado, quando em alguns casos o aumento do IPTU foi de mil por cento, acabou. Essa aberração empurrada goela abaixo do parnaibano será extinta. Para se ter uma ideia, aquelas pessoas que possuem um imóvel no valor de até 48 mil reais ficarão isentas da taxa. Para os inadimplentes, Mão Santa fará um financiamento da dívida por meio do Refis e essa arrecadação será revestida em melhorias na cidade que foi deixada largada pelos governos petistas. Esse é o governo que olha para a população, que dá dignidade e qualidade de vida para o seu povo”, finalizou.

Por Luzia Paula / Ascom  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esses comentários não refletem a opinião do Blogueiro.

Total de visualizações de página