terça-feira, 17 de outubro de 2017

Redação do Enem que desrespeitar direitos humanos pode receber nota zero

Entre as regras a serem seguidas pelos candidatos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na elaboração da prova de redação está o respeito aos direitos humanos. Quem defender ideias avaliadas como contrárias aos direitos humanos poderá receber nota zero na redação.
Resultado de imagem para redação enem
De acordo com a Cartilha do Participante – Redação no Enem 2017, divulgada hoje (16) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), algumas ideias e ações serão sempre avaliadas como contrárias aos direitos humanos, como: defesa de tortura, mutilação, execução sumária e qualquer forma de “justiça com as próprias mãos”, isto é, sem a intervenção de instituições sociais devidamente autorizadas.
Também ferem os direitos humanos, a incitação a qualquer tipo de violência motivada por questões de raça, etnia, gênero, credo, condição física, origem geográfica ou socioeconômica e a explicitação de qualquer forma de discurso de ódio voltado contra grupos sociais específicos. Segundo o Inep, apesar de a referência aos direitos humanos ocorrer apenas em uma das cinco competências avaliadas, a menção ou a apologia a tais ideias, em qualquer parte do texto, pode anular a prova.
No ano passado, quando o tema da redação foi “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”, foram anuladas as redações que feriram os direitos humanos porque incitaram ideias de violência ou de perseguição contra seguidores de qualquer religião, filosofia, doutrina, seita, inclusive o ateísmo ou quaisquer outras manifestações religiosas, além de ideias de cerceamento da liberdade de ter ou adotar religião ou crença e que tenham defendido a destruição de vidas, imagens, roupas e objetos ritualísticos.
De acordo com o Inep, a prova de redação do Enem sempre exigiu que o participante respeite os direitos humanos, mas, desde 2013, o edital do exame tornou obrigatório o respeito ao tema, sob pena de a redação receber nota zero.
A prova de redação, que será aplicada no dia 5 de novembro, exige a produção de um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, sobre um tema de ordem social, científica, cultural ou política. O candidato deve apresentar uma proposta de solução para o problema proposto, a chamada intervenção, respeitando os direitos humanos Também deve ser apresentada uma referência textual sobre o tema.
 Fonte: Agência Brasil Edição Parnaíba no Mundo 

Fotos da nova fonte da praça da Graça




Planeta Animal tudo para cães e gatos

ATENÇÃO A LOJA PLANETA ANIMAL ESTÁ FUNCIONANDO EM NOVO ENDEREÇO PRÓXIMO AO MERCADO DA GUARITA NOS CRUZAMENTOS DA RUA OEIRAS COM AV. PRINCESA ISABEL.   PARA MAIS INFORMAÇÕES PROCURE FRANCISCO FILHO.

Planeta Animal
NOS TELEFONES 99401 8223-99841 3746
Francisco Filho

VOCÊ ENCONTRA RAÇÕES E MEDICAMENTOS DOS MAIS VARIADOS TIPOS.

Saiu no zap zap


Academia New life esperando por Você





 
De segunda a sexta das 06:00 as 10:00 e das 14:00 as 21:00 
Aos sábados das 16:00 as 19:00 
Rua São Pedro próximo ao mercado da guarita.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

A praça da Graça voltou a ter graça

video

CCJ da Câmara aprova projeto que proíbe venda de refrigerantes em escolas

Refrigerantes

Projeto de lei que proíbe a venda de refrigerantes nas escolas do ensino fundamental, do 1° ao 9° ano, foi aprovado hoje (8) pela Comissão de Constituição e de Justiça da Câmara (CCJ). O projeto está pronto para ser votado no plenário da Câmara e, se for aprovado, será encaminhado ao Senado para apreciação.
De autoria do deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), que é primeiro vice-presidente da Casa, recebeu parecer favorável do relator, Luiz Couto (PT-BA), e foi aprovado pelos membros da CCJ. De acordo com o relator, a proposta vem em bom momento, “tendo em vista os riscos relacionados ao excesso de consumo de bebidas açucaradas e o aumento dos casos de sobrepeso e de obesidade”. O relator afirmou que a lei que trata da alimentação escolar estabelece que a merenda deve seguir princípios de alimentação saudável e adequada.
Na justificativa do projeto, Fábio Ramalho afirma que obesidade infantil vem crescendo e, com ela, as preocupações dos pais em fazerem com que seus filhos percam peso e evitem danos à saúde. “Um dos grandes vilões da obesidade infantil é o consumo indiscriminado de alimentos de alto teor energético e pouco nutritivos. Estudos demonstram que uma das maiores fontes de gordura e açúcar na dieta infantil vem dos lanches escolares, que cada vez mais se reduzem a alimentos industrializados e pouco saudáveis, quando não nocivos à saúde,” diz.
Em outro trecho da justificativa, o deputado afirma que a obsedidade infantil vem acompanhada, em muitos casos, de múltiplas complicações como o diabetes, o aumento dos níveis de colesterol no sangue, a hipertensão arterial e outros problemas cardiovasculares. Segundo o texto, a obsesidade já atinge cerca de 10% das crianças brasileiras.
Edição: Amanda Cieglinski Edição Parnaíba no Mundo 

Praça da Graça: ”Os parnaibanos terão de volta seu principal cartão postal” – assegura Secretária de Infraestrutura


As obras de recuperação da Praça da Graça seguem em ritmo acelerado, intensificadas a partir de hoje para serem entregues aos parnaibanos na próxima quarta-feira, quando a prefeitura de Parnaíba estará realizando uma série de eventos, organizados para celebrar o Dia do Piauí, que diz respeito a aclamação da Independência, ocorrida em Parnaíba no ano de 1822.


A secretaria Municipal de Infraestrutura está envidando todos os esforços para que naquele dia o parnaibano possa ter de volta a Praça da Graça totalmente recuperada, com todos os seus equipamentos funcionando, inclusive a fonte luminosa, que sempre foi um atrativo turístico aos que passam pelo local.


“Os parnaibanos terão de volta o seu cartão postal, com a valorização dos monumentos ali existentes, como o local onde se deu grito da independência do Brasil, em 19 de outubro de 1822; onde se encontra também o monumento histórico denominado Marco Zero, que retrata o zero quilômetro das estradas vicinais. Além das Igrejas Nossa Senhora das Graças e Nossa Senhora do Rosário”, destaca a secretária Gracinha Moraes Souza.

Histórico da Praça da Graça

Praça da Graça, como espaço social público, está inserida na História da cidade desde a segunda metade do século 18, quando sua área foi demarcada. Aparece nas plantas de 1798 e de 1809.  Era um terreno seco, um largo descampado em frente às duas igrejas. No centro do largo, sem arborização, fincou-se a forma funesta de um pelourinho. Ali, diante das igrejas, o povo assistia às torturas e ouvia os gemidos dos escravos de Domingos Dias da Silva, de seu filho Simplício e de outros brancos que se achavam donos de homens negros.


No início do século 19, o pelourinho foi levado para outro lugar. A área continuou livre, descampada, vazia. Com as chuvas, a água se empoçava formando o que, no começo do século 20, o povo chamava Lagoa da Onça (ou Do Onça). Foi então que o velho Largo começou a tomar jeito de jardim e praça. Primeiro teve o nome de Passeio Público e o seu primeiro equipamento de intenção estética foi um coreto, daqueles típicos da Belle Époque, com cobertura em abóbada. Até que nos anos trinta, tomou sua forma mais encantadora, aquela que parecia definitiva. Dividiu-se em dois o grande espaço, com uma pista de rua entre os dois. Fizeram-se então a Pracinha e a Praça da Graça, que teve o nome em homenagem a Nossa Senhora da Graça, padroeira de Parnaíba.

Fonte: Prefeitura de Parnaíba 

Caminhão quebra no balão da Guarita deixa trânsito um caos

Um caminhão quebra no semáforo do balão do cruzamento da Avenida Princesa Isabel com a Coronel Lucas, o conhecido “Balão da Guarita”, em Parnaíba. 
O caminhão parado por quebra sem que o seu condutor tenha colocado o triângulo deixou o trânsito congestionado confuso e perigoso. Um popular questionou o fale e ele respondeu apontando para um galho de árvore colocado na via.

O triângulo de segurança, ou dispositivo de sinalização luminosa e refletora de emergência, é um equipamento obrigatório em todos os automóveis. O item deve ser utilizado quando o veículo estiver impossibilitado de andar, devido à pane ou acidente. O dispositivo é fundamental para avisar aos outros motoristas que há alguém parado logo à frente, diminuindo assim o risco de acidente.

Por José Wilsonl/Jornal da Parnaiba | Edição: Jornal da Parnaíba | Fotos: Naur

Realização da Prefeitura a 36ª Expoapa contribuiu para aquecimento da economia local


A prefeitura de Parnaíba já pode comemorar os ganhos e os avanços que vieram com a realização da 36ª Exposição-Feira Agropecuária de Parnaíba (Expoapa) e 5ª Feira do agronegócio, realizada no período de 11 a 15 deste mês, organizada pela Secretaria Municipal do Setor Primário e Abastecimento – Sesa.


Um grande evento como a Expoapa, movimenta não só o agronegócio da região, bem como a noite do litoral, com grandes shows realizados no palco da feira, cantores e bandas de sucesso que já são do agrado popular. Toda a economia da região é movimentada, com eventos desta natureza, desde os barraqueiros, vendedores ambulantes, táxis, mototáxis, salões de beleza, lojas, etc, enfim, o  evento festivo gera emprego e renda para muita gente, principalmente para uma cidade turística, como é o caso de Parnaíba


E todo grande evento como a Exposição Agropecuária de Parnaíba, tem que ter a sua musa e rainha da beleza, para representar a emoção dos criadores de gado, caprinos e as atividades do mundo country. A bela da vez foi a modelo Rafaelle Almeida, da agência SheepModels, que brilhou nas noites festivas da feira. Rafaelle prestigiou a Expoapa no sábado, dia 14 de outubro, visitando os stands e expositores que participaram do evento, ao lado do superintendente de agricultura, Ismael Abreu.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mercado Pago

Mercado Pago