Funerária

Funerária

São João

domingo, 24 de junho de 2018

Vem ai o Arraiá do Bloco Ai Que Vida


Destaque do BLOG

Alan Pereira de Souza,é Superintendente Interino de Turismo de Parnaíba. Alan assumiu por apenas alguns dias à pasta na ausência de Charles Júnior que está em viagem.
Neste domingo 24/06 Alan esteve👆🏻participando de uma reunião com nembros da comissão de cultura. Tema foi os quatro dias do São João na praça Mandu Ladino dia 27/06 ao dia 30/06.
Também esteve prestigiando uma competição local de skate...Disse ao skatista Wesley (Foto Abaixo) que vai pedir ao prefeito que inclua na programação festiva do aniversário da cidade em agosto uma grande competição. Alan vai participar da reunião com os secretários do prefeito Mão Santa nesta Segunda-Feira 25,representando o titular da pasta.


sábado, 23 de junho de 2018

Ação : Ajude o Cabeça


22° Noite do Arraiá São João da Parnaiba reuniu população do Bairro São Vicente de Paula na praça dos redentoristas assim conhecida

Moradores assistiram as apresentações artísticas e cultural.  A praça foi completamente recuperada com iluminação em LED.



Por que as pessoas se matam tanto?

Por: Bernardo Silva
Eis um assunto pelo qual poucos se interessam, não obstante o crescente número de suicidas mundo à fora. Mas, o que é que leva mesmo tantas pessoas a se suicidarem? E por que não se falar de mais este que é um problema de saúde pública neste país? Ah, mas quem é mesmo que está preocupado com o bem estar do outro?
Pra mim, problema é para ser resolvido, superado. Quando a depressão chega a gente mata no peito, sacode as pulgas e segue em frente. Sim, eu creio em Deus – o todo Poderoso. Creio que a vida não é só isso aqui. A vida é eterna. Ela existe após a morte, até porque Deus não faria de sua mais perfeita criação, o ser humano, uma coisa qualquer que se acaba, a qualquer instante, para ser enterrada e em poucos dias virar lama, debaixo da terra.
Deus nos deu a vida para ser vivida, em sua a sua essência. E todos estamos na terra é para sofrer. A felicidade plena, que muitos imaginam e buscam aqui na terra, só existe no plano espiritual para ser conquistada, com ações de caridade, indulgência, perdão, justiça. O sofrimento, quando vem, tem uma razão de ser e Deus quer que saibamos disso. Ele é justo. Quer que soframos nossas dores aqui na terra, com abnegação, para podermos ter as alegrias do paraíso quando deixarmos este corpo, que nada mais é do que  envoltório de carne do espírito.
O cantor Cazuza diz em uma de suas músicas: “somos iguais em desgraça”. E é verdade. O que nos faz morarmos todos juntos neste planeta, como irmãos,  são os nossos erros. Nossos pecados de tantas e tantas vidas de desacertos. Por isso eu quero viver muito, aqui na terra. Para sofrer, chorar, refletir sobre minhas faltas e tentar corrigi-las. Por que tirar uma vida que não é minha? Deus me deu como dádiva! E por isso eu O agradeço.
Sobre o assunto desta semana a revista Veja traz uma matéria com número alarmantes, cuja leitura sugerimos:
E que tomemos alguma atitude. Não esperar por autoridades que não estão nem aí. E que atitude?  Rezar a Deus pelos fracos, pelos ignorantes, pelos depressivos e fazer algo por eles, no sentido de que entendam a beleza da vida. Aliás, como tudo o  que  Deus criou. É só olhar o que há de grandioso no universo funcionando em harmonia. Se alguma coisa danosa acontece, pode ir atrás que teve a mão do homem. Sem se falar na natureza, no canto dos pássaros, na beleza das flores, no barulho das águas do riacho.
Diga para as pessoas que se suicidar é um ato de puro egoísmo. O suicida termina por matar também a vida de sua família e de seus amigos. Reflita sobre o texto abaixo:
Qual é a maior dor?
Você já pensou nisso?
Um jovem deixou um bilhete aos familiares, pouco antes de cometer suicídio, e expressou no papel o que estava sentindo. Disse ele que a maior dor na vida não é morrer, mas ser ignorado. É perder alguém que nos amava e que deixou de se importar conosco. É ser deixado de lado por quem tanto nos apoiava e constatar que esse é o resultado da nossa negligência.
A maior dor na vida não é morrer, mas ser esquecido. É ficar sem um cumprimento após uma grande conquista. É não ter um amigo telefonando só para dizer Olá. É ver a indiferença num rosto quando abrimos nosso coração. O que muito dói na vida é ver aqueles que foram nossos amigos, sempre muito ocupados quando precisamos de alguém para nos consolar e nos ajudar a reerguer o nosso ânimo. É quando parece que nas aflições estamos sozinhos com as nossas tristezas. Muitas dores nos afetam, mas isso pode parecer mais leve quando alguém nos dá atenção.
É bem possível que esse jovem tenha tido seus motivos para escrever o que escreveu. Todavia, em nenhum momento deve ter pensado naqueles que o rodeavam.
Se pudesse sentir a dor de um coração de mãe dilacerado ante o corpo sem vida do filho amado…  Se pudesse experimentar o sofrimento de um pai que tenta, em vão, saber do filho morto o que o levou a tamanho desatino…
Se sentisse o desespero de um irmão que busca resposta nos lábios imóveis do ser que lhe compartilhou a infância… Se pudesse suportar, ainda que por instantes, a dor de um amigo sincero a contemplar seus lábios emudecidos no caixão, certamente mudaria seu conceito sobre a maior dor.
Descobrir qual a maior dor é muito difícil. Mas a maior decepção é fácil de deduzir. É daqueles que se suicidam pensando que extinguirão a vida e com ela todos os problemas. Esses saem do corpo mas, indubitavelmente, não saem da vida e, muito menos, acabam com os problemas.
Portanto, por mais difícil que esteja a situação, nunca vale a pena buscar essa porta falsa chamada suicídio. É importante lembrar sempre:por mais escura e longa que seja a noite, o sol sempre volta a brilhar. E por mais que pensemos estar na solidão, temos sempre conosco um amigo fiel e dedicado que jamais nos abandona: JESUS.
Fonte: O Piolho

Funerária Anjos do LAR

Convulsão na Área da segurança pública

A falta de segurança não por parte de quem faz às policias,mas um olhar fixo trouxe a convulsão na área da segurança pública estadual.
O vigilante alvejado com uma bala,na noite desta última sexta-feira 22/06 só mostrou como Parnaíba precisa de uma intervenção na área de segurança.
Dizer que violência é em todo lugar,e que não é culpa do governo,é a pior desculpa .

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Pé Quente! Mão Santa assistiu jogo vitorioso do Brasil

Prefeito Mão Santa assistiu partida com sua esposa Adalgisa em casa.
O prefeito não têm exigência com televisão seja led ou convencional.


Convite de inauguração do posto de atendimento


Bloco Ai Que Vida e ACP promovem café da manhã antes do jogo da Seleção Brasileira na sede da entidade

Organizado pelo bloco Ai que Vida ma pessoa do presidente Juliano Linhares e da suplente de vereadora Doya,um café da manhã na sede da Associação Cultual do Piauí, reuniu amigos e membros da entidade, na manhã de hoje Sexta-Feira 22/06 para assistirem ao jogo do Brasil. Logo pela manhã houve um café com mesa farta para todos que acordaram cedo,a finalidade era assistir pela televisão, o jogo entre Brasil e Costa Rica





Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mercado Pago

Mercado Pago